Apresentação

O Núcleo de Estudos, Documentação e Dados sobre Trabalho e Educação- Neddate, vinculado à Faculdade de Educação e ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal Fluminense foi criado, em 1985, pelos Professores Gaudêncio Frigotto e Maria Ciavatta, iniciando suas atividades em torno da organização de um arquivo institucional de documentação e dados sobre trabalho e educação, com o objetivo de preservar, catalogar e divulgar a rica documentação (textual e iconográfica) reunida a partir do período de redemocratização do Brasil. Há 17 anos reúne estudantes, bolsistas, professores e pesquisadores, com os seguintes objetivos: a) estimular a produção da pesquisa científica no campo Trabalho e Educação e temas afins, na pós-graduação e na graduação; b) formar novos pesquisadores através da orientação de bolsistas, mestrandos e doutorandos; c) criar um espaço de reflexão, ação e intercâmbio com outros campos do conhecimento e estudiosos dessa temática, bem como com os movimentos sociais; d) divulgar a produção acadêmico-científica de seus membros. Do ponto de vista teórico-metodológico, o eixo orientador é o materialismo histórico, em que o sujeito coletivo possui papel ativo e a pesquisa tem diversas implicações, tais como: a adoção da visão de mundo a partir da perspectiva da classe trabalhadora; a ênfase na dinâmica das relações sociais; a reconstrução histórica do objeto, evidenciando as contradições e mediações em uma dada totalidade, de modo a buscar a aproximação do real; a visão de conhecimento, de história e de verdade como um processo em permanente construção; o objeto do conhecimento é tido como infinito, quer se trate do objeto considerado na sua totalidade do real, quer se trate do objeto percebido como um de seus fragmentos e aspectos. Os pesquisadores do Núcleo entendem o Trabalho como categoria histórica, elemento fundante dos processos de produção da vida social, bem como princípio educativo, o que requer a análise de suas dimensões histórico-ontológicas nos diversos espaços e tempos das relações sociais. O que se pauta é a formação de uma identidade, crítica e coletiva, realizada na consecução daqueles objetivos elencados anteriormente, mas também o trabalho de resgate, preservação e divulgação da memória e das atividades cotidianas do Núcleo. Além da organização do acervo e da editoria da Revista Trabalho Necessário (quadrimestral), são realizadas discussões teórico-metodológicas, a partir das seguintes perguntas aos pesquisadores do Campo TE: "que questões sobre as relações entre trabalho e educação privilegiamos em nossas pesquisas? Como as abordamos do ponto de vista teórico-metodológico?". Outras duas atividades, não menos importantes, são a realização dos Seminários Neddate com o objetivo de estreitar relações com outros grupos de pesquisa, além de socializar e disseminar o debate teórico-metodológico; e, ainda, o desenvolvimento deste website, que busca contribuir para tal.

Revista Trabalho Necessário

TN 21

Boletim Aelac

boletim-aelac-1

Notícias

Conversa com a Profª Eunice Trein sobre o seu memorial de titularidade: Tributo à Escola Pública.

Em 28 de novembro de 2017 na reunião mensal do Neddate foi realizada uma conversa com Profª Eunice T[ver mais]

Exibição do vídeo "Primavera Secundarista".

Segue o flyer do vídeo "Primavera Secundarista" para conhecimento e divulgação, que será exibido dur[ver mais]

Palestra "A revolução russa e o Brasil" e lançamento do livro "Olga Benário: uma comunista nos arquivos da gestapo".

Eis o convite do SinttelRio para palestra/lançamento de livro da profª Anita Prestes, da UFRJ, no di[ver mais]

Ver mais

Copyright ©2016 - UFF - STI - Todos os direitos reservados